domingo, janeiro 29, 2012

Basta!


Os portugueses estão no topo da depressão – mas não têm a eficiência do suicídio ao ritmo nórdico. Nem é com mais meia hora de trabalho por dia que o povo fica com o design finlandês: desenganem-se, escuteirinhos da Alemanha. Portugal é demasiado velho para se tornar um puto neoliberal carregado do pestilento acne do individualismo triunfante. Já nem na América se usa este ambiente de bordel sem luxúria.
Inês Pedrosa, “Ler – Livros & Leitores” n.º 108 Dezembro 2011

1 comentário:

Celia disse...

I observe from afar (Australia) how in my opinion some decisions are not going to help Portugal getting out of this situation.... very sad for the people and not necessary, including the extra half-hour work each day and possibility of removing 3 public holidays including a very significant 5th of october...I feel for you all...